Saber mais sobre havemos-de-ir
15:00 | 04/08
Havemos de ir a Viana, um dia

Havemos de ir a Viana, um dia

Nas estantes da velha casa do Porto, nas do casarão de Ponte de Lima ou naquilo que neste eremitério de Moledo a que chamo biblioteca e que é um ajuntamento de “espécies bibliográficas”, como gentilmente lhe chama a dra. Celina – a nossa bibliotecária de Caminha – havia sempre um lugar para os livros do dr. Pedro Homem de Mello, edições austeras e bicolores.
00:30 | 10/12
“Havemos de ir a Viana”

“Havemos de ir a Viana”

Creio que o poeta (Homem de Melo) se referia a Viana do Castelo e que Amália assim cantava. O Presidente da Câmara, Defensor Moura, não vai querer contrariar o poeta. Nem irá proibir valsas em Viana, só porque não nasceu lá um Strauss.
00:00 | 06/09
O POETA DE AMÁLIA

O POETA DE AMÁLIA

Completaria hoje cem anos Pedro Homem de Melo, o autor de ‘Povo Que Lavas no Rio’, ‘Havemos de ir a Viana’, ‘Fria Claridade’ ou ‘Prece’, entre tantos outros poemas, imortalizados na voz de Amália.

pub

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)