Saber mais sobre jose-encarnacao
00:30 | 16/04
Ladrões agridem ourives em casa

Ladrões agridem ourives em casa

Um septuagenário, negociante ambulante de artigos em ouro, foi brutalmente agredido por quatro assaltantes na sua residência, na avenida Mateus Teixeira Azevedo, em Tavira, onde vive sozinho. Um vizinho ouviu o barulho das agressões e chamou a PSP. Elementos de um carro-patrulha detiveram um dos assaltantes, em flagrante. Os outros lograram a fuga, de mãos vazias. A vítima, José Encarnação Vaz, de 71 anos, foi transportada ao Hospital de Faro, onde ficou internada. Tem muitos hematomas, mas está estável e consciente.
00:30 | 08/09
Viúva de ourives diz que morte foi encomendada (COM VÍDEO)

Viúva de ourives diz que morte foi encomendada (COM VÍDEO)

A viúva de José Encarnação Correia, ourives assassinado com dois tiros a 20 de Agosto do ano passado no centro de Setúbal, defendeu ontem em tribunal, na primeira audiência, que o homicídio do marido “foi encomendado” e garantiu ter provas. “Sei de alguém que assistiu à preparação do crime na noite do dia 19.”

pub

00:30 | 17/03
Homicida apanha sentença máxima

Homicida apanha sentença máxima

José Encarnação, 53 anos, foi ontem condenado a 25 anos de prisão, pelo Tribunal de Faro, pelo homicídio de forma consumada do cunhado, Joaquim Pires, e de forma tentada de Luciano Gonçalves. Vinte e um anos foi a pena aplicada pela morte de Pires e nove anos e meio pela facada no vizinho. Em cúmulo jurídico foi-lhe aplicada a pena máxima.
00:30 | 28/02
Crime perverso em julgamento

Crime perverso em julgamento

O Ministério Público (MP) de Faro pediu a pena máxima (25 anos) para José Encarnação, acusado do homicídio do cunhado, Joaquim Pires, de 62 anos, em 17 de Maio de 2008, na Rua do Alportel, em Faro. <br/><br/>

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)