Sub-categorias

Notícia

"A Turquia não deve subestimar a Europa"

Presidente da Comissão Europeia diz que governo turco deve levar a sério a suspensão das negociações para o bloco europeu.
Por Isabel Faria|27.11.16
"A Turquia não deve subestimar a Europa"
Jean-Claude Juncker rejeita ameaça do presidente turco, que admitiu travar o acordo com a UE sobre refugiados Foto Stephanie Lecocq/EPA
O presidente da Comissão Europeia (CE), Jean-Claude Juncker, aconselhou este sábado a Turquia a levar a sério as advertências da União Europeia (UE) sobre a suspensão das negociações de adesão ao bloco europeu e instou o governo turco a iniciar, o mais rapidamente possível, as reformas exigidas. O presidente, Recep Tayyip Erdogan, "quer culpabilizar a Europa pelo fracasso das negociações", disse Juncker, em entrevista ao jornal belga ‘La Libre Belgique’.

O líder europeu frisou, ainda, que a suspensão das conversações com o governo de Ancara, aprovada quinta-feira pelo Parlamento Europeu (PE), "não deve ser subestimada" e lembrou que a medida "terá efeitos nas capitais" dos Estados da UE, que decidem sobre a adesão.

Também as ameaças do presidente turco, que na sexta-feira admitiu travar o acordo de refugiados, foram rejeitadas. O acordo, celebrado em março com a UE, permitiu reduzir o fluxo de migrantes que entra na Europa a partir do Oriente Médio e da Ásia. Na entrevista, Juncker exortou Erdogan a levar a cabo as reformas necessárias, nomeadamente a revisão da legislação antiterrorista, em troca da concessão de viagens sem visto aos cidadãos turcos.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub