Sub-categorias

Notícia

A vida secreta de Fidel: família, filhos e infidelidades

Casou duas vezes e teve várias amantes. Uma delas é a mãe de Alina.
Por F.J.G.|27.11.16
A vida secreta de Fidel: família, filhos e infidelidades
Fidel com Alina, a filha rebelde, que fugiu de Cuba e escreveu contra o pai Foto Direitos Reservados
O jovem Fidel Castro era um homem adorado pelas mulheres mas pouco dedicado ao culto da intimidade. Casou-se por duas vezes, primeiro com a burguesa Mirta Díaz-Balart e depois com a professora Dalia Soto del Valle, mas isso não o impediu de ter várias amantes. A mais importante durante o primeiro casamento terá sido Natalia Revuelta Clews e a companheira de luta Célia Sánchez terá sido a amante predileta durante a união com Dalia.

Do primeiro casamento teve um filho, Fidelito, e do segundo teve cinco. Da relação com Natalia Revuelta nasceu a que se tornaria a mais mediática filha de Fidel: Alina Fernández, que ganhou fama ao fugir de Cuba, em 1993, aos 37 anos e, mais tarde, ao escrever um livro de memórias crítico do ditador e do pai autoritário e ausente, que culpa por lhe mutilar a vida.

Filho ilegítimo de Ángel Castro com a empregada Lina Ruz, Fidel teve uma ligação privilegiada, a nível político e pessoal, com o mais jovem dos seis irmãos: Raúl Castro. Seria este a suceder-lhe, quando deixou o poder, em 2006, devido a doença prolongada.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub