Sub-categorias

Notícia

Acusado de violar filhas mais de 900 vezes

Autoridades acreditam que homem pode ser "o pior violador do Mundo".
10.01.18

Um homem está acusado de mais de 900 crimes de abusos sexuais contra cinco das seis filhas adotivas, todas com menos de 18 anos. Viktor Lishavksy, de Komsomolsk-on-Amur, na Rússia já é descrito pelas autoridades e pelos meios de comunicação locais como "o pior violador em série de sempre".

Até as cinco meninas terem feito queixa a uma professora, Viktor era tido como "um pai e um cidadão exemplar". O homem ajudava várias associações solidárias e, com a mulher, adotaram um total de nove crianças ao longo de vários anos. O casal tem ainda outros três filhos, que não terão sido alvo de abusos.

Segundo a polícia, as violações ocorreram ao longo de cinco anos. Viktor, de 34 anos, está acusado de "ter relações sexuais com pelo menos uma das filhas adotivas menores dia sim, dia não, num apartamento que alugou em segredo para o efeito". "Usava as crianças como escravas sexuais, como se fossem o seu harém pessoal", considera o Ministério Público russo.

O homem está acusado de 148 violações consumadas, 358 atos sexuais violentos com menores de 13 anos e 270 abusos sexuais a raparigas com entre 12 e 17 anos. Estão ainda em causa outros 22 "atos violentos de natureza sexual" envolvendo menores de 14 anos e ainda 11 violações em que o homem ameaçou as filhas de morte e agrediu-as.

No total, segundo documentos judiciais, Viktor está acusado de 919 crimes sexuais.

Os Serviços Sociais da região russa de Khabarovsk estão acusados de negligência, por terem posto crianças vulneráveis, incluindo órfãos, ao cuidado do alegado violador. A mulher de Viktor, Olga, garante que não sabia de nada e, para já, não está acusada de qualquer crime.

A assistente social que acompanhava a família explicou que o homem "passou em todas as inspeções feitas" e garantiu que "não havia quaisquer alarmes que algo assim pudesse acontecer".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub