Sub-categorias

Notícia

Advogado negro impedido de entrar em bar por parecer um segurança

Jovem estaria vestido da mesma forma que os funcionários do estabelecimento, mas desconfia de racismo.
17.07.17
Um advogado brasileiro de 27 anos foi impedido de entrar num bar em Curitiba para não ser confundido com os seguranças do espaço. 

Na origem do acidente estaria a roupa que o homem, Juliano Trevisan, usava na altura: uma gravata e camisa pretas, muito semelhantes à indumentária utilizada pelos funcionários do estabelecimento, conforme contou o próprio no Facebook.

Contudo, Trevisan desconfia que o verdadeiro motivo para lhe 'barrarem' a entrada seja outro. Nunca carta aberta partilhada online, o jovem acredita que não foi a roupa, mas a sua ascendência africana que levou o bar a agir desta forma. 

"Sinto-me humilhado. Olhei mil vezes para a minha roupa até entender que o problema não é a minha roupa, não é meu estilo, não sou eu", escreveu.



O episódio, que se tornou viral, foi partilhado nas redes sociais.


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub