Sub-categorias

Notícia

Angelina Jolie, Gwyneth Paltrow e outras estrelas contam os assédios de Harvey Weinstein

Sucedem-se os relatos de estrelas de cinema que dizem ter sido vítimas do produtor.
13.10.17
O produtor de cinema Harvey Weinstein é acusado de assédio e chantagem sexual a várias atrizes de Hollywood. Foram mais de 30 aquelas que vieram a público acusar o norte-americano e que revelaram as suas histórias. 

Angelina Jolie, Cara Delevingne e Gwyneth Paltrow são algumas das caras conhecidas envolvidas no escândalo que está a abalar Hollywood. 

A atriz Angelina Jolie enviou um email ao The New York Times onde partilhou a sua história. Segundo a atriz, Weinstein terá feito investidas que foram rejeitadas, durante uma 'reunião' num quarto de hotel. "Eu tive uma péssima experiência com Harvey quando ainda era jovem e por isso eu decidi nunca mais trabalhar com ele e fiz questão de avisar aqueles que trabalharam futuramente", revelou Jolie. 

Gwyneth Paltrow também veio a público contar a sua história, em tudo semelhante à de Angelina Jolie. O produtor terá convidado a atriz para uma "reunião de negócios" no hotel onde estava hospedado e esta recusou todas as investidas do empresário. "Eu era uma criança, tinha acabado de assinar o contrato para o filme, fiquei apavorada. […] Chegamos a um momento em que as mulheres precisam de mandar uma mensagem clara e objetiva de que isso acabou e não pode se repetir. Essa maneira de tratar as mulheres acaba agora!"

Cara Delevingne, modelo e atriz, publicou no Instagram: "ele ligou-me e disse-me que se eu tivesse casos com mulheres não ia conseguir ser uma atriz de sucesso". Conta também que quando chegou ao quarto de hotel, para uma suposta reunião de trabalho, estava lá outra mulher e Harvey pediu para elas se beijarem. "Ele acompanhou-me até à porta, pôs-se à minha frente e tentou beijar-me", revela a atriz. 

Já a atriz Rose McGowan escreveu vários tweets onde pela primeira vez em público disse ter sido violada pelo produtor. "Eu disse ao responsável pelo vosso estúdio que o HW violou-me", escreveu a atriz num tweet dirigido ao responsável pelo Amazon. "Ele disse que não existiam provas, mas eu disse que eu era a prova", acrescentou Rose.

Em 1997, a atriz Ashley Judd ficou sozinha com Weinstein num quarto de hotel em Beverly Hills. Segundo a atriz, quando entrou no quarto, o produtor estava de robe, convidou-a para tomar banho com ele e sugeriu que ela lhe fizesse uma massagem, sendo que Ashley recusou sempre. "Como é que saio do quarto o mais rápido possível sem chateá-lo?", pensou a atriz para si própria quando estava a ser assediada. 

Rossana Arquette sofreu do mesmo tipo de assédio que as colegas. O produtor pediu para que a atriz se encontrasse com ele num quarto de hotel para discutirem o guião de um filme. Segundo Rossana, Weinstein estava de robe à espera dela e tentou várias investidas. "Nunca vou ser essa rapariga", disse a atriz para o produtor no momento das tentativas de assédio. 

A atriz Heather Graham disse ao site americano Variety que o produtor sugeriu ter relações sexuais com ela, alegando que tinha chegado a um acordo com a mulher e que podia dormir com outras sempre que estivesse fora da cidade onde vivia. "Ele não deixou explícito que para eu entrar no filme precisava de dormir com ele, mas estava escrito nas entrelinhas", contou a atriz. 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub