Bruxelas propõe reforço do combate ao branqueamento de capitais

Proposta faz parte de uma estratégia geral para reforçar o quadro da UE.
12.09.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, anunciou esta quarta-feira propostas do seu executivo com vista a uma supervisão mais forte no domínio do combate ao branqueamento de capitais, para promover a estabilidade dos setores bancário e financeiro.

"Os europeus esperam que a União os proteja. Hoje, propomos medidas que nos permitam combater o branqueamento de capitais de forma mais eficaz através das fronteiras", designadamente através do reforço do papel da Autoridade Bancária Europeia, declarou Juncker, no seu discurso sobre o Estado da União, proferido perante o Parlamento Europeu, em Estrasburgo.

Segundo a Comissão Europeia, "embora a UE disponha já de regras vigorosas contra o branqueamento de capitais, casos recentes envolvendo o branqueamento de capitais em alguns bancos da UE vieram suscitar dúvidas quanto à efetiva supervisão e aplicação sistemática dessas regras em toda a UE".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!