Cantoras Pussy Riot libertadas da prisão

Maria Alyokhina e Nadezhda Tolokonnikova foram libertadas depois de terem sido amnistiadas.
23.12.13
  • partilhe
  • 0
  • +
Cantoras Pussy Riot libertadas da prisão
Maria Alyokhina e Nadezhda Tolokonnikova, dois membros da banda de punk rock russo Pussy Riot Foto AFP/Getty Images

Dois membros da banda de punk rock russo Pussy Riot, Maria Alyokhina e Nadezhda Tolokonnikova, foram libertadas esta segunda-feira. As cantoras estavam a cumprir dois anos de prisão após terem organizado uma atuação numa igreja de Moscovo, em março deste ano.

“Maria Alyokhina saiu no pelo seu próprio pé para a liberdade”, disse o advogado Pyotr Zaikin à agência RIA Novosti, salientando que “todos os documentos foram preenchidos e assinados”.

Segundo a imprensa russa, citada pela ‘CNN’, o facto de as mulheres terem filhos pequenos contribuiu para que tivessem sido amnistiadas, anulando as condenações a que estavam sujeitas. Espera-se que a amnistia conduza também à libertação de algumas ativistas da ‘Greenpeace’.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
1 Comentário
  • De COMUNISTA FALIDO23.12.13
    OS COMUNISTAS QUE VENHAM FAZER GREVES E PROTESTOS PARA OS PAISES COMUNISTAS...VEJAM NA COREIS SAO LOGO FUSILADOS...BASTAVA UMAS FERIAZITAS AOS COMUNISTAS AI DE PORTUGAL NA COREA DO NORTE NUNS TRABALHOS FORCADOS...
    Responder
     
     1
    !