Sub-categorias

Notícia

Chefe da polícia da Catalunha demite-se a 75 dias do referendo sobre independência

Albert Batlle tinha até agora evitado alinhar-se com as ideias dos partidos independentistas.
17.07.17
O diretor de polícia regional da Catalunha (Mossos d'Esquadra) apresentou esta segunda-feira em Barcelona a sua demissão, a 75 dias da data anunciada para a realização de um referendo sobre a independência daquela Comunidade Autónoma.

Albert Batlle tinha até agora evitado alinhar-se com as ideias dos partidos independentistas, que procuram a cumplicidade da polícia regional na realização do referendo de 1 de outubro próximo, que o Governo de Madrid recusa.

No cargo desde junho de 2014, Batlle sempre defendeu que os Mossos d'Esquadra deviam ser politicamente neutrais e imparciais e que a polícia catalã devia cumprir e fazer cumprir a lei espanhola.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub