Sub-categorias

Notícia

Detida por homicídio admite ser assassina em serie

Miranda Barbour, 19 anos, da Pensilvânia, disse que matou pelo menos 22 pessoas enquanto fez parte de uma seita satânica.
16.02.14
  • partilhe
  • 0
  • 0
Detida por homicídio admite ser assassina em serie

A adolescente americana acusada do homicídio de um homem, depois de o ter atraído para um encontro no site ‘Craigslist', revelou ser uma assassina em serie que parou de contar as mortes quando chegou ao 22º homicídio.

Elytte Barbour, de 22 anos, e Miranda Barbour tiveram o primeiro contacto com a vítima através do site de classificados, em novembro.

Troy LaFerrara conheceu os Barbour depois de Miranda concordar fazer sexo com ele por cerca de 73 euros.  Miranda aguardou LaFerrara no centro comercial enquanto o seu marido os esperava escondido na mala do carro. O ministério público pretende acusar casal Barbour pelo homicidio do homem de 42 anos.

Qual é o seu nível de satisfação ao ler esta notícia?
  • Muito insatisfeito
  • Muito satisfeito
Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub