Sub-categorias

Notícia

Empresário que denunciou Temer diz que presidente é chefe da maior organização criminosa do Brasil

Joesley Batista diz que máfia de políticos exigia permanentemente pagamentos de subornos e doações ilegais.
Por Lusa|17.06.17
O empresário Joesley Batista, que colabora na investigação da operação Lava Jato, acusou este sábado o Presidente brasileiro, Michel Temer, de ser "o chefe da maior e mais perigosa organização criminosa" do Brasil, numa entrevista a uma revista brasileira.

Numa entrevista feita pela revista Época, Batista disse que "Temer é o chefe da organização criminosa que atua na Câmara [dos Deputados]".

Joesley Batista, que é um dos proprietários da multinacional de carnes JBS, fez um acordo de delação premiada (acordo que permite vantagens, como a redução de pena de prisão, ao dar informações sobre um caso judicial) com as autoridades que estão à frente da operação Lava Jato.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub