Sub-categorias

Notícia

Encontra filha de sete anos a esvair-se em sangue na rua

Adolescente esfaqueou a menina e deixou-a a morrer.
11.01.17

Os gritos de Allison Rough em pânico ecoaram por todo o bairro na zona de Woodthorpe, em York, no Reino Unido, quando viu a filha, de apenas sete anos a esvair-se em sangue: "Não! Não! É a minha menina! Acho que a mataram!".

Katie Rough tinha o pescoço cortado com um golpe profundo. Imediatamente a mãe pediu que chamasse uma ambulância mas, quando a ajuda chegou, já nada havia a fazer. Ainda foi colocada uma máscara de oxigénio e a menina foi levada para o hospital, mas Katie não resistiu aos ferimentos e acabou por morrer.

A polícia inglesa acabou por levar uma rapariga de 15 anos para interrogatório. A adolescente será a principal suspeita pelo crime que chocou o Reino Unido e ficou detida. O nome da suspeita não foi revelado, uma vez que é menor.

"Abri a porta e vi a mãe da menina a chorar e a gritar pela rua por ajuda, não queríamos acreditar que aquilo estava a contecer. Enquanto os paramédicos a estavam a levar, os pais só choravam agarrados", conta uma testemunha. Katie teria saído da escola há cerca de uma hora e estava a brincar num parque próximo do bairro onde vivia.

A família está destroçada com a morte da menina. "Era uma criança adorável, a princesinha da família", conta um amigo da mãe, Allison. No local do crime, vários vizinhos e amigos começaram a fazer um memorial à pequena Katie, com velas, mensagens e flores. "Um sono descansado, princesa Katie", lê-se na mensagem escrita pelos avós maternos da menina.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub