Sub-categorias

Notícia

Enfermeira enganada matou-se

Jacintha Saldanha, a enfermeira enganada por dois radialistas australianos no hospital londrino onde Kate Middleton esteve internada, foi ontem encontrada morta. A imprensa britânica afirma tratar-se de suicídio.
08.12.12
  • partilhe
  • 0
  • +
Enfermeira enganada matou-se
Kate e William à saída do hospital Foto andrew winning/reuters

"É com grande pesar que confirmamos a trágica morte de um membro da nossa equipa de enfermagem", disse, em comunicado, a direcção do hospital privado King Edward VII, afirmando que Jacintha tinha sido recentemente vítima de uma armadilha.

Segundo a polícia, Jacintha Saldanha, de origem indiana, 46 anos, casada e mãe de duas crianças, foi declarada morta ontem de manhã na residência das enfermeiras anexa ao hospital. Fontes policiais garantiram que a investigação estava em curso, mas rapidamente a imprensa britânica avançou com o suicídio.

Recorde-se que, na madrugada do dia 4, um dia depois de Kate Middleton ter sido internada devido a intensos vómitos relacionados com a gravidez de 12 semanas, Jacintha estava de serviço quando tocou o telefone na recepção, onde não se encontrava ninguém. Diligente, atendeu. Do outro lado, ‘estava’ a rainha Isabel II, que queria saber notícias sobre o estado de saúde da duquesa de Cambridge. Jacintha passou a chamada para o quarto de Kate, onde uma segunda enfermeira atendeu. Foram ambas enganadas, mas o hospital não as responsabilizou pelo sucedido. A família real afirma que não apresentou qualquer queixa, e os duques de Cambridge expressaram o seu mais "profundo pesar pelo sucedido".

Animadores suspensos

Mel Greig e Michael Christina, animadores da rádio australiana 2DayFM, decidiram fazer--se passar pela rainha de Inglaterra e pelo príncipe Carlos. Segundo a conversa reproduzida pelos media britânicos, Mel ligou para o hospital e disse: "Sou a rainha Isabel II e gostaria, por favor, de falar com a minha neta Kate". Do outro lado, Jacintha respondeu: "Sim, claro, senhora, vou transferir para o quarto." Uma segunda enfermeira atendeu e informou a falsa rainha sobre o estado de saúde de Kate. O programa foi para o ar na Austrália e o choque foi total. A rádio pediu desculpa e, ontem, informou que os dois radialistas, que fecharam as contas no Twitter, estão suspensos.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
9 Comentários
  • De Guedes09.12.12
    História mal contada...
    Responder
     
     0
    !
  • De nas nalgas08.12.12
    suspensos é pouco! levados a tribunal e presos por se passarem por outras pessoas ... brincadeiras de m... haja minimos!
    Responder
     
     2
    !
  • De Candeias08.12.12
    A ser verdade é horroroso, até que ponto chega o medo das pessoas, é ridículo estas idolatrias por outros seres humanos.
    Responder
     
     8
    !
  • De toberro08.12.12
    Pois e um mundo sem respeito pelas pessoas brincadeiras estupidas que estava mais que visto um dia daria para a morte ja iamginava isto pena ser inocentes devia de ser que faz a partida agora fica duas crianças sozinhas
    Responder
     
     4
    !
  • De jorge08.12.12
    Para a senhora se suicidar, dá para imaginar as pressões que sofreu tanto dos seus superiores directos, como da classe politiqueira que prolifera infelizmente sem qualidade por toda a parte, bem como da própria imprensa.
    Responder
     
     11
    !

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub