Sub-categorias

Notícia

Erdogan quer pena de morte

Líder turco fecha aniversário da vitória sobre golpe.
Por Francisco J. Gonçalves|17.07.17
Erdogan quer pena de morte
Erdogan recebido em apoteose por milhares de pessoas em Ankara Foto EPA
O presidente turco encerrou ontem as celebrações da vitória sobre a tentativa do golpe de Estado de 2016 com dois discursos nos quais defendeu o restabelecimento da pena de morte e ameaçou "cortar as cabeças" dos traidores que querem destabilizar o país.

Como no dia anterior, que marcou o aniversário do primeiro dia do golpe falhado, milhares de pessoas encheram ontem as ruas de Istambul e Ankara.

Erdogan foi vitoriado quando compareceu ante a multidão junto da ponte de Bósforo, onde homenageou as 36 pessoas mortas pelos militares amotinados. Foi igualmente saudado por uma multidão em Ankara, onde discursou ante o parlamento para defender que os acusados pelo golpe deviam envergar uniformes iguais, "como em Guantânamo".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub