Sub-categorias

Notícia

Família interrompe velório por achar que morto estava vivo

Corpo ainda estava quente e Serviço de Emergência Médica detetou batimentos cardíacos.
09.08.17
Família interrompe velório por achar que morto estava vivo
Batimentos cardíacos Foto Direitos Reservados

Os familiares de um sem-abrigo, de 44 anos, que tinha morrido no Paraná, Brasil, apanharam um susto quando, durante o velório, tocaram no corpo e repararam que este ainda estava quente.

A morte tinha sido declarada na terça-feira, num hospital da cidade, depois do homem se ter sentido mal. O velório acontecia na manhã desta quarta-feira. Apavorados, os presentes chamaram o Serviço de Emergência Médica, que detetou batimentos cardíacos no homem.

Rapidamente levaram o sem-abrigo para o hospital mas, após uma nova avaliação, a morte foi confirmada. O velório recomeçou e o enterro acabou por se realizar.

Um vídeo, partilhado no Youtube, mostra o homem dentro do caixão com um oxímetro (aparelho usado para medir a frequência cardíaca) no dedo e no ecrã do aparelho vê-se claramente que há presença de batimentos cardíacos.

De acordo com o site brasileiro Extra, os médicos do hospital explicaram à família que mesmo depois do óbito "o coração mantém atividade elétrica durante algum tempo".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub