Sub-categorias

Notícia

Fidel Castro: de filho ilegítimo a herói da revolução

Símbolo da revolução cubana morreu no dia em que se assinalaram os 60 anos da partida do navio que, em 1956, levou do México para Cuba Fidel Castro, Che Guevara e outros revolucionários.
Por Francisco J. Gonçalves|27.11.16
Fidel Castro: de filho ilegítimo a herói da revolução
Fidel Castro Foto Reuters
Fidel Castro, revolucionário e ditador de Cuba, é figura maior da história do séc. XX. Personalidade controversa, é para uns o herói que devolveu Cuba ao povo e para outros o ditador que condenou esse mesmo povo à miséria.

Fidel Alejandro Castro Ruz, nascido a 13 de agosto de 1926 em Birán, região oriental de Cuba, parecia destinado a uma vida apagada de fazendeiro. Filho ilegítimo do imigrante galego Ángel Castro com a amante e empregada da quinta de Birán, Lina Ruz González, que veio a ser a segunda mulher de Ángel, Fidel foi um de sete irmãos.

Entrou em choque com o pai desde cedo e foi enviado aos seis anos para Santiago de Cuba, entregue a um tutor. Estudou em escolas católicas jesuítas, em Santiago e em Havana, destacando-se como aluno excelente e aplicado.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub