Sub-categorias

Notícia

Geofísico português assassinado e abandonado a norte de Luanda

Corpo transladado para Portugal esta segunda-feira.
Por Lusa|19.06.17
Geofísico português assassinado e abandonado a norte de Luanda
Foto Getty
Um geofísico português, de 62 anos, foi assassinado em Angola alegadamente por um gangue liderado pelo seu motorista, tendo o corpo sido abandonado na barra do rio Dande, a norte de Luanda, confirmou esta segunda-feira à Lusa fonte ligada à investigação.

Os restos mortais de Luís de Mendonça Torres, descobertos a 22 de maio, foram trasladados esta segunda-feira para Portugal, depois de realizada a autópsia, que, segundo a mesma fonte, revelou que o crime terá sido cometido a 5 de abril de 2017.

O móbil do homicídio terá sido a subtração dos cartões de débito e crédito do português, que trabalhava em Angola, após este ter sido forçado a revelar os respetivos códigos, o que permitiu que tivessem sido feitos levantamentos de grandes importâncias das suas contas bancárias.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub