Sub-categorias

Notícia

Governo argentino suspeita de corrupção na reparação do submarino desaparecido

Submarino está com 44 tripulantes está desaparecido há 20 dias.
Por Lusa|05.12.17
  • partilhe
  • 0
  • +

O Governo da Argentina afirmou na segunda-feira suspeitar de corrupção no processo de reparação, durante o mandato da anterior Presidente Cristina Kirchner, do submarino ARA San Juan, desaparecido há 20 dias.

"Houve uma denúncia por corrupção que foi arquivada sem ser investigada e dava conta de algumas anomalias que existiam. O que pude comprovar é que tinha que ser consertado em dois anos e demorou cinco", afirmou o ministro da Defesa argentino, Oscar Aguad, numa entrevista ao canal TN.

Na primeira entrevista desde que o ARA San Juan desapareceu no Atlântico sul, com 44 tripulantes a bordo, em 15 de novembro, Oscar Aguad indicou existirem relatórios de auditoria que dão conta de que os materiais utilizados durante a reparação de "meia-idade" do submarino, entre 2008 e 2014, não foram "da qualidade exigida".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub