Sub-categorias

Notícia

Governo japonês aprova proposta de lei para abdicação do imperador

Akihito manifestou, no verão passado, a vontade de abdicar devido à idade avançada e uma saúde enfraquecida.
19.05.17
  • partilhe
  • 0
  • +
O conselho de ministros japonês aprovou esta sexta-feira um projeto de lei especial que autoriza a abdicação do imperador, uma modalidade excecional e válida apenas para o atual, Akihito.

O diploma vai ser enviado durante o dia à Dieta (parlamento), onde o Executivo espera que seja aprovado, sem grandes obstáculos, em meados do próximo mês.

Se tudo correr como previsto, Akihito poderá renunciar às funções até ao final do próximo ano, deixando o filho mais velho, Naruhito, aceder ao trono do Crisântemo no início de 2019, de acordo com a imprensa nipónica.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub