Irmãos obrigaram mulheres a comer 700 euros em notas

Homens acusados de colocar bolas de metal no pénis para tornar violações mais dolorosas.
14.02.18

Dois irmãos estão a ser julgados em Espanha por uma série de crimes sexuais. Os dois homens de nacionalidade romena, Cristian e Sebastian Sandulache, geriam um ringue de prostituição e maltratavam, abusavam e violavam as mulheres que obrigavam a prostituir-se.

Os dois irmãos estão acusados de terem obrigado prostitutas a comer notas no valor de 700 euros, depois de não terem ficado felizes com a quantia trazida pelas mulheres. "Para a próxima vez livrem-se de trazer ainda menos que acabam a comer moedas", terão dito os dois homens.

Acusados de vários crimes de abuso sexual e violação, segundo algumas vítimas, os dois irmãos colocavam implantes de metal esféricos no pénis para que as violações provocassem mais dores às vítimas.

Noutro episódio, um dos irmãos cortou o braço de uma prostituta com uma espada samurais.

Os dois irmãos começaram agora a ser julgados por vários crimes de tráfico humano, lenocínio, abuso sexual, agressão e violação. Está em liberdade condicional depois de ter pago cerca de 3o mil euros.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De jotana15.02.18
    Deviam era estar presos e que a penalização seja bastante pesada. Mtuitos anos a ver o sol aos quadradinhos. Grandes bestas.
1 Comentário
  • De jotana15.02.18
    Deviam era estar presos e que a penalização seja bastante pesada. Mtuitos anos a ver o sol aos quadradinhos. Grandes bestas.
    Responder
     
     0
    !