Sub-categorias

Notícia

União Europeia diz que decisão americana sobre Jerusalém pode trazer "tempos mais sombrios"

Federica Mogherini diz que a "única solução viável" é Israel ser capital de Israel e da Palestina.
Por Lusa|07.12.17
  • partilhe
  • 1
  • +

A chefe da diplomacia da União Europeia (UE), Federica Mogherini, criticou esta quinta-feira que a decisão do presidente dos EUA, Donald Trump, de reconhecer Jerusalém como capital israelita.

Pode "levar-nos a tempos ainda mais sombrios do que os que vivemos hoje", disse Mogherini, numa conferência de imprensa em que reiterou que a UE defende a solução de "Jerusalém como capital dos dois Estados, de Israel e da Palestina" como "a única solução relaista para o conflito.

"O anúncio do Presidente Trump sobre Jerusalém tem um impacto potencial muito preocupante", acrescentou, sublinhando que o contexto da região "é muito frágil".

Mogherini anunciou que se vai reunir com o ministro dos Negócios Estrangeiros da Jordânia na sexta-feira, ao mesmo tempo que manterá contactos com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, na próxima segunda-feira, em Bruxelas.



Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub