Sub-categorias

Notícia

Jogadores do Chapecoense choram vítimas da tragédia na Colômbia

Familiares e adeptos desolados em vigília de oração na sede do clube.
Por Pedro Zagacho Gonçalves|29.11.16

Na sede do clube Associação Chapecoense de Futebol, em Santa Catarina, no Brasil, o ambiente é de luto e consternação.

Dezenas de adeptos e funcionários do clube, familiares das vítimas e moradores locais concentraram-se na sede do clube para prestar homenagem a todas as vítimas da tragédia desta madrugada que matou 76 passageiros que seguiam a bordo de uma aeronave procedente da Bolívia da empresa Lamia. O avião caiu na Colômbia, na localidade de Antioquia.

Imagens divulgadas pelo clube mostram os jogadores desolados no balneário e Marcelo Boeck, ex-jogador do Sporting, a rezar. Há ainda fotografias de adeptos a consolarem-se, jogadores revoltados e lágrimas, muitas lágrimas de quem ainda não quer acreditar na tragédia que se abateu sobre o clube brasileiro. Familiares das vítimas estão a ser apoiados por psicólogos na sede.

Sete atletas da Chapecoense - entre eles o ex-Sporting Marcelo Boeck - e o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, não estavam no voo. Os restantes jogadores que não seguiam no avião são Neném, Demerson, Andrei, Hyoran, Martinuccio, Nivaldo e Rafael Lima, uns porque não foram convocados, outros porque estavam castigados.

Homenagem no Arena Condá
Na entrada para os balneários do Chapecoense foi montado um altar, onde estão a ser deixadas mensagens de homenagem. A ala sul do estádio Arena Condá foi reservada para que as vítimas do desastre sejam recordadas. É lá que se concentram muitas pessoas, de mãos dadas, a rezar.

O padre Igor Damo, adepto fervoroso do clube, depressa chegou à sede do Chapecoense e assegurou "Vamos rezar". Adiantou ainda que vai ser celebrada uma missa em honra das vítimas, pelas 18h30 locais, na Catedral de Santo António.



Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub