Sub-categorias

Notícia

Juiz solta pedófilo por este ter “dores nas costas”

Magistrado justifica decisão com “desconforto” que o homem iria sentir na prisão.
14.11.17

Um homem que abusou sexualmente de três jovens meninas, foi poupado a uma pena de prisão por "ter dores nas costas". O juiz decidiu não condenar o pedófilo, porque o seu "problema de costas" iria causar-lhe um "grande desconforto" na cadeia. O caso aconteceu no Reino Unido.   

Em 1974, John Chappell, de 60 anos, apanhou três meninas sozinhas – duas delas tinham menos de 14 anos – e violou-as durante um jogo das escondidas. John, que tinha 17 anos quando o crime aconteceu, também pediu às vítimas para realizarem atos indecentes para ele. O homem foi presente a um juiz, na quinta-feira, mais de 40 anos depois de ter cometido os crimes de pedofilia.

Segundo os media britânicos, Chappell já tinha sido condenado em 1975, por um crime semelhante, mas saiu em liberdade condicional. Dois anos depois pagou uma multa de 335 euros por ser indecente com uma criança.

Ian Lawrie, juiz no tribunal de Plymouth, no Reino Unido, condenou o pedófilo a uma pena de prisão suspensa, justificando a decisão com o problema de costas do arguido. "Isto vai causar-lhe um grande desconforto na prisão. A sentença é para puni-lo, não é um exercício de vingança, apesar de esse poder ser o desejo dos que sofreram nas suas mãos", afirmou o juiz Lawrie. 

Jason Beal, advogado de Chappell, disse ao tribunal que o seu cliente estava cheio de vergonha e tinha escrito uma carta onde pedia desculpa às vítimas.

O juiz alertou o pedófilo para que se as ofensas tivessem sido cometidas após 2013, quando a lei mudou, ele seria condenado a uma longa pena de prisão. 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De  Anónimo 14.11.17
    Não se prendem os amigos do mesmo clube , em portugal é igual.
1 Comentário
  • De  Anónimo 14.11.17
    Não se prendem os amigos do mesmo clube , em portugal é igual.
    Responder
     
     0
    !

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub