Sub-categorias

Notícia

Lula da Silva novamente incriminado por corrupção

Ex-presidente é acusado de receber luvas para favorecer grandes empresas.
A Polícia Federal brasileira incriminou mais uma vez o ex-presidente Lula da Silva por corrupção, numa nova ação relativa à Operação Zelotes, que investiga a compra de decretos de isenções fiscais por grandes grupos empresariais. Lula já é arguido num total de cinco processos e é atualmente alvo de outras quatro investigações.

Lula foi agora incriminado por suspeitas relacionadas com o Decreto 471, que assinou em 2009 e que prolongou por cinco anos isenções fiscais que favoreceram vários gigantes do setor automóvel, nomeadamente a Hyundai e a Mitsubishi. Segundo a Polícia Federal brasileira, as empresas beneficiadas terão pagado cerca de 1,76 milhões de euros pela aprovação do Decreto 471.

Entretanto, o Ministério Público está a estudar uma nova ação legal contra o ex-presidente, desta feita por obstrução à Justiça.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub