Sub-categorias

Notícia

Luso-descendente morreu durante protesto contra o Governo venezuelano

Diego Figueiredo, de 31 anos, foi atingido no peito por uma bala de borracha.
18.05.17
Um luso-descendente faleceu na Venezuela, durante um protesto contra o Governo do Presidente Nicolás Maduro, em San António de los Altos, 30 quilómetros a sul de Caracas, confirmaram esta quinta-feira à agência Lusa fontes da comunidade portuguesa local.

Segundo as mesmas fontes, o luso-descendente, o biólogo Diego Fernando Arellano Figueiredo, de 31 anos, foi atingido no peito por uma bala de borracha que terá sido disparado pelas forças de segurança, terça-feira à tarde, quando participava numa manifestação.

A vítima foi levada para uma unidade de saúde, onde viria a morrer durante uma intervenção cirúrgica.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub