Sub-categorias

Notícia

Macron reafirma responsabilidade francesa na prisão de milhares de judeus

Presidente de França lembrou com PM de Israel os 75 anos da rusga no Vélodrome d'Hiver.
Por Lusa|16.07.17

O presidente francês, Emmanuel Macron, ao lado do primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, reafirmou este domingo toda a responsabilidade da França na rusga do Vel d'Hiv, que levou ao encarceramento de milhares de judeus em 1942, adiantou a AFP.

Na cerimónia em Paris, que assinalou este ano os 75 anos sobre a rusga no Vélodrome d'Hiver (velódromo de inverno) e que contou pela primeira vez com a presença de um primeiro-ministro israelita, Macron lembrou o papel francês num dos episódios mais negros da História do país.

Macron disse que a sua presença dava continuidade ao fio condutor de Jacques Chirac, o antigo presidente francês que em 1995, no exercício das suas funções, foi o primeiro chefe de Estado gaulês a reconhecer a responsabilidade da França na rusga, numa posição que foi replicada pelos seus sucessores.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

Mundo

Urnas abrem para as legislativas timorenses

Urnas abrem para as legislativas timorenses

O voto, de onde sairão os 65 membros do Parlamento Nacional, que terá depois o poder para formar o VII Governo constitucional, é o segundo ato eleitoral, depois das presidenciais de 20 de março passado.

pub