Sub-categorias

Notícia

Mãe vê filho bebé ser atirado ao chão por educadora em direto

Mulher que é procurada pelas autoridades foi filmada a agredir outras crianças.
Por Pedro Zagacho Gonçalves|18.04.17
Mãe vê filho bebé ser atirado ao chão por educadora na creche em direto

A polícia de Plano, no estado norte-americano do Texas, está a procurar Jazmine Torres, uma educadora de infância, depois desta ter sido filmada pelas câmaras de segurança da creche Children’s Courtyard a agredir crianças com cerca de um ano. A creche tem câmaras de segurança que permitem aos pais acompanharem as imagens dos filhos em direto na Internet e uma mãe viu o seu filho bebé a ser atirado ao chão com violência pela educadora.

Cailtlin Gilmore estava no trabalho quando, depois de almoço, resolveu ver a transmissão em direto da sesta do filho. Foi com surpresa e choque que viu a educadora a atirar o menino ao chão quando lhe mudava a fralda. Imediatamente a mulher saiu do trabalho para ir buscar a criança.

A chefe da norte-americana ficou a gravar a transmissão com o telemóvel e apanhou mais duas agressões à criança, assim como viu uma menina a ser empurrada pela mesma educadora.

Ao chegar à creche, a direção não acreditou na história contada por Cailtlin e garantiu nunca ter tido problemas com a educadora em questão. Caitlin ainda não tinha o vídeo como ela e a transmissão em direto não é gravado, pelo que a creche não tomou medidas imediatas. Prontamente a mulher apresentou queixa às autoridades e apresentou depois o vídeo gravado pela chefe como prova.

O menino sofreu alguns hematomas, mas teve alta pouco depois de ter dado entrada no hospital.

A polícia abriu uma investigação ao caso, adiantando que quer interrogar outra educadora para além de Torres, que também é filmada a maltratar crianças. A educadora foi despedida da creche mas o seu paradeiro é, para já, desconhecido.

A mulher é procurada por maus-tratos infantis.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub