Sub-categorias

Notícia

Marcelo ausente de funeral de Fidel

Governo português garante que enviará "uma representação adequada" a Cuba, mas ainda não tomou uma decisão sobre a matéria.
Por Francisco J. Gonçalves, Bruno de Castro Ferreira e Cristina Rita|28.11.16
  • partilhe
  • 0
  • +
Um dos últimos líderes mundiais recebido por Fidel Castro não estará presente no funeral do ditador cubano. O presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, não se deslocará a Cuba no dia 4 de dezembro. Outra ausência no funeral poderá ser Barack Obama. O presidentes dos EUA está a ser pressionado pela oposição republicana e pela equipa de transição do presidente eleito, Donald Trump, para não se deslocar a Cuba.

O governo português ainda não decidiu de que forma se irá fazer representar. O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, disse, anteontem, aos jornalistas que ainda não foi tomada uma decisão nessa matéria mas que Portugal terá "a representação considerada adequada".

Certo, para já, é que o Presidente da República não estará presente. Rebelo de Sousa vai manter a agenda que inclui um ‘Portugal Próximo’, a 5 de dezembro. O chefe de Estado passará todo o dia na Guarda, Covilhã e em Castelo Branco.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub