Sub-categorias

Notícia

Mata o pai que a violou durante 40 anos e esconde corpo no jardim

Mulher de 63 anos chegou a dar à luz um filho do próprio pai.
12.07.18
Barbara Coombes, de 63 anos, confessou ter matado o próprio pai e ter escondido o cadáver no quintal durante cerca de uma década. De acordo com o processo que consta em tribunal, a mulher foi alegdamente violada centenas de vezes pelo progenitor e até chegou a dar á luz um bebé seu, que morreu poucos dias após ter nascido.

A vítima atacou o pai Kenneth Combes até à morte, na altura com 87 anos, depois de descobrir imagens sexualmente explicítas de uma criança na sua casa. Barbara golpeou o pai na nuca com uma pá, até o deixar inconsciente. Acabou por esconder o corpo no quintal da sua casa, facto que conseguiu esconder durante 12 anos.

"Esté dos casos mais trágicos que já assisti. Esta senhora, que sempre foi boa pessoa, matou o próprio pai após 40 anos de abusos sexuais, mentais e físicos. Foi violada centenas de vezes e foi tratada todo esse tempo como uma escrava sexual. É claro como a água que ela não aguentou a pressão", disse em tribunal o advogado da mulher.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!