Sub-categorias

Notícia

Mata os dois filhos a tiro e deixa bilhetes a explicar o crime

Mulher cometeu suicídio depois de assassinar as crianças, de cinco e nove anos, assim como a nova namorada do ‘ex’.
Por Pedro Zagacho Gonçalves|12.08.17
Mata os dois filhos a tiro e deixa bilhetes a explicar o crime

Uma mulher natural de Greenville, na Carolina do Sul, EUA, matou a nova namorada do ex-marido. Depois, levou os filhos, de cinco e nove anos no seu jipe. Numa autoestrada, a mulher matou as crianças e, sem seguida, cometeu suicídio. A polícia revelou agora as notas de suicídio deixados pela mulher.

Jessica Edens, de 36 anos, tinha-se divorciado há pouco tempo do marido. Os dois estavam agora numa batalha judicial pela custódia dos dois filhos, Harper, de cinco anos, e Hayden, de nove.

Segundo as autoridades, a mulher estava "num estado muito alarmado" nos dias que antecederam o crime. Jessica estava a lutar contra uma depressão, que foi agravada pela descoberta de que o ex-marido já tinha uma nova namorada, Meredith Rahme.

Num acesso de ciúmes, a mulher surpreendeu a rival num parque de estacionamento e matou-a a tiro, em frente aos filhos. "Todos os que amas desapareceram. Percebeste? E eu também vou desaparecer. Causaste-me mais dor do que alguma vez senti na minha vida. Magoaste os meus filhos. Espero que apodreças no inferno pelo que nos fizeste passar. Agora já não nos podes fazer mal: estamos em paz. Espero que vivas o resto da tua vida com vergonha, dor e culpa", escreveu Jessica na nota de suicídio deixada ao ex-marido.

Noutra nota, deixada aos pais e à irmã, Jessica escreveu: "Para os meus pais e irmã, peço desculpa pela dor que vos estou a causar a todos. Vocês sempre me apoiaram e eu amo-vos a todos. Eu sei que o que fiz foi egoísta, mas não consigo viver mais com a dor. É demais, não consigo lidar, dói demais. Agora, já não vou sofrer, nem eu nem os meus filhos. Peço desculpa, amo-vos".

A família está a ser acompanhada psicologicamente desde o fatídico dia, ocorrido a 13 de julho.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

Mundo

Poluição é mais mortal que guerras

Poluição é mais mortal que guerras

Estudo é a primeira tentativa de reunir dados sobre doenças e mortes causadas por todas as formas de poluição combinadas, do ar à água contaminada.

pub