Sub-categorias

Notícia

Matou namorada e pesquisou quanto tempo demorava o corpo a decompor-se

Homem deixou o corpo nu abandonado numa mala.
20.05.17

Um tribunal de Exeter, em Inglaterra condenou esta sexta-feira um homem de nacionalidade búlgara a uma pena de prisão perpétua , por ter assassinado a namorada. Depois do homicídio, que aconteceu em Exeter em agosto de 2016, Kostadin Kostov, de 43 anos, meteu o corpo da vítima numa mala e abandonou-a junto a uma linha de comboio. Depois, já em casa, foi ao computador procurar no google a expressão "quanto tempo demora um corpo humano a decompor-se".

O juiz John Royce lembrou, durante o julgamento, o triste destino da vítima "Gergana Prodanova tinha 38 anos quando veio da Bulgária, em parte para escapar ao seu comportamento violento e controlador. Os patrões dela descrevem-na como uma mulher muito humilde e trabalhadora", relata o Daily Mail.

Gergana foi morta a 4 de agosto, mas o estado de decomposição em que o corpo foi encontrado não permitiu esclarecer a causa da morte. Mas as autoridades –  e o tribunal de Exeter – não tiveram dúvidas de que Kostov a matou no apartamento da vítima, num acesso de ciúmes  depois de Gergana, mãe de três filhos, ter revelado que estava apaixonada por outro homem.

Depois do crime, Kostov tentou encenar o regresso de Gergana à Bulgária, mas foi apanhado por câmaras de vigilância instaladas nas ruas de Exeter a transportar a mala onde o corpo foi encontrado.

O julgamento demorou quatro semanas, mas os jurados precisaram apenas de uma hora para decidir a condenação de Kostov. Foi sentenciado a pena de morte, o que, no sistema judicial britânico, se aplica a todos os crimes de homicídio, embora seja raro alguém cumprir a pena na íntegra. Ficou estabelecido que só ao fim de 19 anos de pena se pode avaliar a sua eventual libertação.

O homem foi preso no dia 10 de agosto, mas o corpo de Gergana, que trabalhava num hotel de Exeter,  só foi encontrado no dia 16.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub