Sub-categorias

Notícia

Menino fica sem parte do crânio em atropelamento

Mãe do adolescente revela fotografias chocantes do filho para que o culpado, que fugiu, "possa ver o que lhe roubou".
Por Pedro Zagacho Gonçalves|16.07.17

Foi no final o ano passado que a vida de Kiernan Roberts foi virada do avesso. O jovem, de 16 anos, foi vítima de um atropelamento e foi deixado à morte à beira da estrada. Com a cabeça esmagada e uma fratura no pescoço, os médicos deram 30% de hipóteses do menino sobreviver. Agora que o filho recuperou, a mãe de Kiernan mostrou a extensão das lesões do adolescente, para mostrar ao culpado "o que lhe  roubou".

Owen Finn tinha estado a beber num bar quando atropelou o rapaz numa estrada em East Yorkshire, no Reino Unido e fugiu imediatamente. O homem, de 64 anos, acabou por ser encontrado pelas autoridades e agora foi condenado a cinco anos de prisão. Ainda assim a mãe de Kiernan, Marie, quer que o culpado tenha consciência do que fez, pelo que mostrou em fotografias a evolução do filho no hospital.

Kiernan foi projetado com extrema violência contra o capot e pára-brisas do carro de Owen e sofreu lesões cerebrais irreversíveis. Na operação, os médicos foram forçados a remover quase metade do crânio do jovem para o conseguirem salvar. O inglês ficou permanentemente desfigurado. Depois de vários meses em coma, e por milagre, recuperou.

Kiernan perdeu todas as funções motoras e cognitivas
Os médicos explicaram aos pais que dificilmente o jovem voltará a recuperar todas as funções motoras e cognitivas que tinha. Kiernan sonhava ser jornalista na área de política.

Quando acordou o jovem tinha amnésia: não sabia quem era, não conseguia falar, onde estava e não reconhecia a família. Levou seis semanas a reconhecer os familiares e ficará para sempre com problemas de memória.

Ainda, o jovem sofre de dores de cabeça permanentes e perdeu completamente a mobilidade no braço direito, assim como tem movimentação condicionada da perna do mesmo lado.

"Pedimos autorização ao Kiernan para revelar as fotografias. Queremos que o o Owen Finn veja o que fez com que o nosso filho perdesse. Em tribunal o advogado dele disse que o que tinha acontecido "era apenas um acontecimento mau". Não é. É estragar completamente uma vida que não teve tempo de crescer", lamenta a mãe do jovem.

Kiernan tem sido um verdadeiro herói e está muito empenhado na recuperação. Com sessões diárias de fisioterapia, já se conseguiu levantar e consegue caminhar com ajuda. A pouco e pouco está a recuperar a fala.

"Ainda é um longo caminho a percorrer e ele nunca será o mesmo, mas temos esperança", diz a mãe do jovem inglês.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub