Sub-categorias

Notícia

Menino pede água no seu velório e morre

Uma situação absolutamente inusitada assustou e revoltou os parentes de um menino de dois anos que foi declarado morto num hospital e estava a ser velado na periferia de Belém, capital do estado brasileiro do Pará.
08.06.12
  • partilhe
  • 0
  • 0
Menino pede água no seu velório e morre
Kelvin foi enterrado sem terem sido feitos exames que provassem qual a data e o motivo do falecimento Foto D.R.

De acordo com várias testemunhas que estavam no velório, o menino supostamente morto, Kelvin Santos, a certa altura sentou-se no pequeno caixão e pediu que lhe dessem água, voltando em seguida a deitar-se.

Houve, naturalmente, um susto tremendo em todos os presentes, que inicialmente ficaram petrificados ao ver o menino a sentar-se e a falar. Depois, quando o espanto e o medo passaram, o pai de Kelvin, António Santos, correu com o menino para uma unidade de saúde próxima do local onde estava a ser realizado o velório.

Na unidade de saúde, os médicos confirmaram que o menino estava realmente morto. Os presentes garantem que não foi invenção nem imaginação de ninguém, que Kelvin realmente falou, dizendo que estava com sede, voltando logo em seguida a ficar prostrado no caixão.

Qual é o seu nível de satisfação ao ler esta notícia?
  • Muito insatisfeito
  • Muito satisfeito

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Subscrever newsletter

newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub