Mergulhadores pediram imunidade diplomática durante resgate na Tailândia

Australianos não podiam ser acusados de qualquer crime se operação não fosse bem sucedida.
17.07.18
Os dois mergulhadores australianos que resgataram com sucesso as 12 crianças e o treinador da gruta Tham Luang, na Tailândia, acordaram com o governo australiano e tailandês que teriam imunidade diplomática caso alguma coisa corresse mal, avançou a BBC. 

O veterano de mergulho reformado Craig Challen e o anestesista Richard Harris desempenharam um papel fundamental no resgate de três dias dos 'Javalis Selvagens'.
Os rostos da dedicação e esperança para resgatar as crianças presas na gruta


O departamento de relações externas da Austrália recusou-se a confirmar ou negar as declarações de que o governo negociou com as autoridades tailandesas. 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!