Sub-categorias

Notícia

Ministro acusa Temer de proteger corrupto

Presidente quis evitar saída de Geddel Vieira Lima, acusado de usar cargo em benefício próprio.
Por Domingos Grilo Serrinha, correspondente no Brasil|26.11.16
  • partilhe
  • 0
  • +
Ministro acusa Temer de proteger corrupto
Temer (à esq. na foto) já perdeu seis ministros desde que entrou em funções, em maio, após a destituição de Dilma Foto Adriano Machado/Reuters
O presidente brasileiro, Michel Temer, que desde maio, quando assumiu a presidência, já tinha perdido cinco ministros, perdeu ontem o sexto. Geddel Vieira Lima, ministro da Secretaria de Governo do Brasil, demitiu-se após denúncias de que usou o cargo em benefício pessoal.

Geddel foi acusado na semana passada pelo então ministro da Cultura, Marcelo Calero, de pressionar para permitir a construção, numa área histórica de Salvador, de um prédio de luxo de 31 pisos. O Instituto do Património Histórico e Artístico Nacional embargou a obra, autorizando a construção de 13 andares, o que deixaria Geddel sem o apartamento que comprara no imóvel ainda na planta, que seria no 23º piso.

Calero demitiu-se há uma semana, denunciou o colega e abriu uma crise no governo, mas Temer, amigo de Geddel, manteve-o no cargo. Mas outras denúncias, sobretudo a de que o ministro é sócio do escritório de advogados que defende a construtora, complicaram a situação.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub