Sub-categorias

Notícia

Mulher raptada em bebé encontra família 40 anos depois

Pais da mulher desapareceram durante a ditadura militar na Argentina.
06.12.17
Uma mulher raptada em criança, durante a ditadura militar da Argentina, reencontrou a família passado 40 anos. 

O reencontro foi possível graças à associação de direitos humanos "Abuelas de Plaza de Mayo", que tem como objetivo localizar e devolver às famílias todas os desaparecidos da chamada "Guerra Suja", ditadura militar na Argentina que durou de 1976 a 1983. 

Adriana, de 40 anos, foi a 126.ª pessoa que a organização ajudou. A mulher entrou em contacto com as "Abuelas" quando descobriu que não era filha biológica dos pais que a criaram. 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub