Mulher salta de carro em andamento para fugir a violador no Brasil

Vítima de 30 anos sobreviveu após queda.

Uma mulher totalmente em pânico depois de ter sido raptada e violada sexualmente por um homem, na zona leste da cidade brasileira de São Paulo, saltou do carro em andamento, conduzido pelo criminoso, para tentar salvar a sua vida. A vítima explicou depois que o homem, que nessa altura já a tinha violado, disse que ia matá-la para que ela não pudesse denunciá-lo ou identificá-lo.

O drama vivido pela vítima, de 30 anos, aconteceu no bairro Vila Esperança, na região da Penha, e o gesto de desespero dela só não terminou pior porque um outro condutor a socorreu quando ela caiu no asfalto. O criminoso colocou-se em fuga.

A vítima foi internada no Hospital Ermelino Matarazzo com ferimentos nas mãos, nos braços, nas pernas e no quadril, provocados pela queda do carro em alta velocidade, e recebeu igualmente atendimento especializado para vítimas de crimes sexuais.

No seu relato, a mulher contou à polícia que estava a chegar ao seu local de trabalho quando, ao estacionar o carro, foi abordada por um desconhecido. Ele assumiu o volante do veículo usando violência, levou-a para um local ermo ainda na região da Vila Esperança, ordenou-lhe que tirasse a roupa e violou-a.

Em seguida, o criminoso roubou-lhe tudo o que ela carregava de valor, mas não ficou satisfeito e, voltando a dirigir o automóvel dela. Disse-lhe que ia até um caixa multibanco tirar o que pudesse da conta dela e depois a mataria, para não deixar testemunhas. Foi nessa altura que o amor à vida foi mais forte do que o pânico que ela sentia e a mulher surpreendeu o violador saltando de repente do carro.

A viatura foi encontrada vazia pela polícia a 800 metros dali bastante amolgado, depois de ter batido em vários veículos estacionados. 


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!