Sub-categorias

Notícia

Opositor lamenta morte "injusta" de Fidel Castro em bom hospital

Luis Posada Carriles diz que o antigo líder cubano morreu "tarde".
27.11.16
  • partilhe
  • 0
  • +
Opositor lamenta morte "injusta" de Fidel Castro em bom hospital
Luis Posada Carriles (à direita) está acusado de terrorismo em Cuba Foto Getty Images
O opositor ao regime cubano Luis Posada Carriles, acusado de terrorismo em Cuba, considerou "injusto" que Fidel Castro tenha morrido no "melhor hospital" da ilha e "tão tarde", aos 90 anos de idade.

O ex-agente da CIA (serviços secretos dos Estados Unidos), condenado por terrorismo em Cuba, participou no sábado, em Miami, no estado norte-americano da Flórida, nos festejos pela morte do líder histórico da revolução cubana, na sexta-feira.

Segundo o jornal El Nuevo Herald, Posada Carriles, de 88 anos, diz que só "ao princípio" sentiu "alegria" por saber da morte de Fidel Castro, notícia que esperava há muito.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub