Sub-categorias

Notícia

Papa diz que pena de morte é uma medida "desumana que humilha"

Segundo o papa, a pena de morte "atenta fortemente contra a dignidade humana" e "é contrária ao Evangelho".
Por Lusa|11.10.17
  • partilhe
  • 1
  • +
O papa Francisco rejeitou esta quarta-feira veementemente no Vaticano as condenações à pena de morte, afirmando que são inadmissíveis por serem desumanas e humilhantes.

"Deve-se afirmar com força que a condenação à pena de morte é uma medida desumana que humilha a dignidade pessoal", disse Jorge Bergoglio no Vaticano, durante uma audiência que manteve com os participantes num encontro promovido pelo Conselho Pontifício para a Promoção da Nova Evangelização.

Segundo o papa, a pena de morte "atenta fortemente contra a dignidade humana" e "é contrária ao Evangelho".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub