Sub-categorias

Notícia

Paraquedista morre depois de enviar vídeo à mulher

Na gravação, o homem disse que não ia puxar a corda do paraquedas e que ia “para um lugar maravilhoso”.

Capotorto Vitantonio, um paraquedista experiente de 27 anos, de nacionalidade italiana, foi encontrado morto no Aeroporto Municipal de DeLand, nos Estados Unidos, após saltar do avião.

O paraquedista enviou um vídeo para a mulher onde dizia que não ia puxar a corda do paraquedas, minutos antes de saltar.

A mulher do homem, Costansa Zitellini, de 25 anos, entrou imediatamente em contacto com o Sky Dive DeLand, depois de receber o vídeo, como indica o relatório do incidente, divulgado pelo Departamento de Polícia de DeLand.

O funcionário transmitiu diretamente a informação para o avião, mas já era tarde. Vitantonio já tinha saltado e, como havia prometido, não puxou a corda que abriria o paraquedas.

No vídeo enviada para a mulher, o homem disse também que iria "para um sítio maravilhoso".

O funcionário do Sky Dive DeLand disse aos investigadores que Vitantonio parecia "normal" antes de entrar para o avião.

O italiano foi encontrado perto do Aeroporto Municipal de DeLand, de acordo com o The Daytona Beach News-Journal.

O casal morava em DeLand e, ironicamente, trabalhavam para a United Parachute Technologies, uma empresa local que fabrica páraquedas.

Esta foi a quinta fatalidade relatada no Sky Dive DeLand, que é considerado um dos pontos de paraquedismo mais movimentados dos Estados Unidos.

O diretor geral, Mike Johnston, afirmou que "damos aos nossos [clientes] um passeio seguro para a altitude e nós transportamo-los com aeronaves consideradas as mais bem conservadas do sector".

"A partir do momento que a pessoa salta, é responsável por si mesma", conclui. 

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub