Sub-categorias

Notícia

Presidente turco critica ocidente por se interessar pelos direitos dos golpistas

Erdogan dirigiu duras palavras aos críticos das purgas do Governo dirigidas a alegados simpatizantes do golpe no funcionalismo público.
Por Lusa|14.07.17
  • partilhe
  • 0
  • +
O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, criticou esta sexta-feira os países ocidentais por apenas se preocuparem pela situação em termos de direitos humanos dos envolvidos na fracassada tentativa de golpe militar de 15 de julho de 2016.

"Naquela noite morreram 250 dos nossos cidadãos face a apenas 35 golpistas. Mas o ocidente apenas pergunta por um bando. Perguntam quantos estão na prisão. Perguntem antes quantas pessoas eles mataram!", assinalou Erdogan.

"Se a Turquia não fosse um Estado de direito, esses traidores não estariam agora na prisão mas antes enterrados num qualquer buraco", disse o chefe de Estado turco durante um discurso pronunciado em Ancara e transmitido em direto pela cadeia televisiva NTV.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub