Sub-categorias

Notícia

Prisão perpétua para terrorista de Manhattan

Norte-americano de origem afegã foi considerado culpado de atentado à bomba em 2016.
13.02.18
Prisão perpétua para terrorista de Manhattan
Foto Reuters

O norte-americano de origem afegã Ahmad Rahimi foi, esta terça-feira, condenado a prisão perpétua pelos atentados à bomba em setembro de 2016, em Manhattan, Nova Iorque.

O inquérito concluiu que Rahimi, inspirado por Bin Laden, colocou duas bombas artesanais no bairro de Chelsea, ferindo 31 pessoas e provocando o pânico.

Este foi o primeiro atentado em Nova Iorque depois dos ataques do 11 de setembro de 2001.

Ahmad Rahimi, 30 anos, que chegou aos Estados Unidos em 1995 com a sua família e naturalizado norte-americano em 2011, usou da palavra na audiência desta terça-feira, afirmando que se radicalizou após ter sofrido "discriminações" apenas pelo facto de se vestir como um muçulmano, e ter sido interpelado em diversas viagens de avião.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub