Sub-categorias

Notícia

Procurador diz ser impossível comprovar existência de contas para subornar Lula e Dilma

Factos revelados por Joesley Batista sustentaram a primeira denúncia de corrupção passiva feita pela Procuradoria-geral da República contra o Presidente.
Por Lusa|10.08.17
  • partilhe
  • 0
  • +
Um procurador brasileiro disse esta quinta-feira ser impossível comprovar que os ex-presidentes Lula da Silva e Dilma Rousseff receberam 150 milhões de dólares (127,5 milhões de euros) de suborno da JBS, a partir de contas no exterior.

Em entrevista divulgada pelo portal de notícias UOL, o procurador Ivan Cláudio Marx, que dirige a investigação deste caso na Procuradoria do Distrito Federal, afirmou que não recebeu provas que sustentem as alegações.

"A história é incomprovável [não pode ser comprovada]. Pedimos documentos para comprovar, e não veio nada", disse.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub