Sub-categorias

Notícia

Reações à declaração de independência da Catalunha

Puigdemont esteve esta terça-feira no Parlamento para analisar os resultados e efeitos do referendo catalão.
10.10.17
  • partilhe
  • 0
  • +
O presidente do Governo catalão, Carles Puigdemont, declarou esta terça-feira no parlamento regional que assume o "mandato do povo" para que a Catalunha seja um "Estado independente", mas propôs a suspensão dos seus efeitos para procurar o diálogo com Madrid.
Reações à declaração de independência da Catalunha

"Há um antes e um depois de 01 de outubro. Conseguimos o que nos comprometemos. Chegados a este ponto histórico, assumo perante todos o mandato do povo para que a Catalunha se converta num Estado independente, sob a forma de República", afirmou Puigdemont, sendo fortemente aplaudido pela bancada independentista.

Governo espanhol diz que Puigdemont "não sabe onde está, para onde vai nem com quem quer ir"
A vice-presidente do Governo espanhol disse esta terça-feira que o discurso do chefe do executivo da Catalunha é "de uma pessoa que não sabe onde está, para onde vai nem com quem quer ir".

"É o discurso de uma pessoa que não sabe onde está, para onde vai nem com quem quer ir", foi como Soraya Sáenz de Santamaría se referiu à intervenção de Carles Puigdemont, anunicado que o governo espanhol realiza quarta-feira de manhã uma reunião extraordinária que servirá para analisar a aplicação das medidas necessárias para fazer face à crise na Catalunha.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub