Reino Unido pede explicações à Rússia sobre novo caso de envenenamento

Casal deAmesbury foi contaminado com o agente de nervos 'novichok', o mesmo usado no ataque a ex-espião.
06.07.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O governo britânico exigiu esta quinta-feira explicações à Rússia após peritos determinarem que a substância que envenenou um casal britânico na localidade de Amesbury, no sábado, foi o agente de nervos 'novichok', o mesmo que as autoridades britânicas dizem ter sido usado por Moscovo para tentar matar o ex-espião russo Sergei Skripal na localidade vizinha de Salisbury, em março.

"Foi confirmado que se trata do mesmo agente de nervos que contaminou Yulia e Sergei Skripal", afirmou Sajid Javid, secretário de Estado do Interior britânico, concluindo: "É tempo de explicarem o que se passou. É totalmente inaceitável que os nossos cidadãos sejam alvos, deliberados ou acidentais, e que os nossos parques e cidades sejam depósitos de veneno."

Javid aludia à conclusão preliminar segundo a qual os britânicos Dawn Sturgess, de 44 anos, e Charlie Rowley, de 45, foram vítimas acidentais de restos do veneno do ataque aos Skripal. Pensa-se que o casal tenha entrado em contacto com o veneno num parque, antes de se sentir mal, já em casa, em Amesbury, a 11 km de Salisbury. Foi nesta última cidade que os Skripal foram encontrados inanimados num banco de jardim, a 4 de março.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!