Sub-categorias

Notícia

Rejeitado pedido da Rússia e do Irão para nova investigação sobre ataque químico

Primeiras conclusões confirmam a utilização de gás sarin.
20.04.17
  • partilhe
  • 0
  • +
A Organização para a Proibição das Armas Químicas (OPAQ), que confirmou a utilização de gás sarin no ataque de 4 de abril na Síria, recusou esta quinta-feira uma proposta da Rússia e do Irão para uma nova investigação.

"O conselho executivo da OPAQ rejeitou esmagadoramente a decisão russo-iraniana", escreveu a delegação britânica na OPAQ na sua conta no Twitter.

Na quarta-feira, o diretor da OPAQ, Ahmet Uzumcu, anunciou que amostras recolhidas em 10 vítimas do ataque contra Khan Sheikhun, no norte da Síria, analisadas em quatro laboratórios são "irrefutáveis" quanto à "exposição a gás sarin ou a uma substância semelhante".

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub