Sub-categorias

Notícia

Sete milhões votam em consulta popular na Venezuela

Enfermeira de 61 anos foi abatida a tiro enquanto esperava para votar em Caracas.
Por Marco Fonseca Pereira|18.07.17
Mais de sete milhões de venezuelanos participaram na consulta popular convocada pela oposição contra a formação de uma assembleia constituinte, num dia marcado pela morte a tiro de uma enfermeira de 61 anos.

Segundo ativistas no terreno, Xiomara Escot morreu, e outras três pessoas ficaram feridas, quando um grupo de homens armados abriu fogo no bairro pobre de Catia, em Caracas, onde milhares de pessoas esperavam para votar no referendo.

"O dia foi manchado pela morte de uma mulher venezuelana que estava em protesto e a exercer os seus direitos", disse Freddy Guevara, vice-presidente da Assembleia Nacional.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub