Sub-categorias

Notícia

Tribunal informal acusa gigante Monsanto de violação dos direitos do homem e ecocídio

Juízes dizem que produtor de sementes e adubos prejudica o solo, a água e o ambiente.
18.04.17
  • partilhe
  • 9
  • +
Tribunal informal acusa gigante Monsanto de violação dos direitos do homem e ecocídio
A Monsanto, uma das maiores produtoras de sementes e adubos, é há muito acusada de práticas prejudiciais ao ambiente Foto Getty Images
Um tribunal cidadão informal, com cinco juízes profissionais, acusou esta terça-feira o consórcio gigante norte-americano Monsanto de violação dos direitos do homem, impacto negativo sobre o ambiente e do crime de ecocídio.

Monsanto, que produz sementes geneticamente modificadas, bem como pesticidas controversos, já rejeitou as conclusões desta assembleia, "organizada com um resultado predeterminado".

Este tribunal cidadão divulgou um parecer consultivo, destinado a alimentar as leis existentes, designadamente através da criação de uma jurisprudência no seio do direito internacional, depois de um evento organizado em outubro, durante três dias, na Haia, por centenas de grupos da sociedade civil.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Mundo

pub