Sub-categorias

Notícia

Turista argentino esquecido por amigos em estrada no Brasil

Homem ficou sozinho numa estrada até ser encontrado pela polícia.

Um turista argentino que tinha passado férias com amigos do mesmo país em Florianópolis, capital do estado brasileiro de Santa Catarina, foi esquecido pelos companheiros de viagem numa estrada deserta do sul do Brasil no meio da madrugada. Os dois outros argentinos que viajavam com ele só se deram conta de que tinham perdido o amigo quando pararam na fronteira da cidade de Uruguaiana, no estado brasileiro do Rio Grande do Sul, para preencherem as formalidades alfandegárias.

Ao descobrirem que o amigo que viajava no banco de trás do carro não estava lá, os argentinos pediram ajuda à Polícia Federal brasileira. Acionada, a Polícia Rodoviária Federal fez buscas na estrada que os estrangeiros tinham percorrido e encontrou o argentino por volta das quatro e meia da madrugada, cansado, a andar a pé na estrada BR 290, no município de Alegrete, outra cidade do Rio Grande do Sul.

A "perda" do amigo ocorreu quando o argentino que guiava o carro se sentiu cansado de mais para continuar e pediu ao amigo que ia a seu lado para assumir o volante dali para a frente. Nenhum deles percebeu que o terceiro membro da viagem, que ia no banco de trás, aproveitou a paragem para trocar de motorista para sair do carro no meio da estrada, provavelmente para fazer urinar, e retomaram a viagem sem ele.

Curiosamente, não é a primeira vez que cidadãos da Argentina se esquecem de pessoas no Brasil. Em dezembro de 2016 um motorista argentino esqueceu-se da mulher num posto de gasolina onde tinha parado para abastecer o carro, não percebendo que ela tinha aproveitado para ir à loja de conveniência do posto. O mesmo aconteceu com uma argentina de 17 anos meses antes, esquecida pelos pais numas bombas de gasolina por ter ido à casa de banho sem eles perceberem. 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!